sábado, agosto 18, 2012

Verdade insofismável

Com este treinador e direção é-nos completamente impossível ter ilusões quanto à possibilidade de sermos campeões esta época. Comecemos pelo treinador: esta aventesma ainda não percebeu que não pode jogar com dois pontas-de-lança quando defronta equipas do nosso nível, pela simples razão de que entrega o meio-campo ao adversário e nos obriga a jogar sem um construtor de jogo o que nos cria dificuldades na criação de jogo ofensivo; a teimosia em querer fazer de Melgarejo um lateral fez-nos perder dois pontos, porque o homem entende que um lateral tem que ser sobretudo ofensivo quando a sua principal característica deve ser saber defender, coisa que o paraguaio não faz nem nunca virá a fazer; a teimosia em colocar Bruno César encostado à linha quando tem no plantel uma catrefada de extremos; fazer entrar Aimar que esteve lesionado praticamente em toda a pré-época e não apostar em Carlos Martins que tem sido o nosso melhor jogador neste início de época; e podíamos continuar a enumerar as constantes burrices deste homem, que são inúmeras, mas as que foram explanadas são mais do que suficientes para perceber que ele não tem capacidade para comandar esta equipa. Passando à direção: plantel mais uma vez desequilibrado com uma política de contratações completamente desastrosa, havendo posições sem jogadores de qualidade e outras posições onde há jogadores em excesso; uma falta de organização e de liderança que salta à vista todos os dias: ninguém sabe o que faz Rui Costa, Carraça também não se sabe o que anda ali a fazer, e LFV quando dá sinal de si é apenas para se enterrar. Enfim, com um "governo" destes não restam dúvidas de que o F.C. Porto vai, mais uma vez, passear neste campeonato. Face a este completo desgoverno e incompetência de quem lidera o clube não se percebe como é que ainda há muito benfiquista a tecer os mais rasgados elogios a esta gente.

2 comentários:

benficaworld disse...

Burro é quem lhe anda a pagar o ordenado.

karadas disse...

E nós benfiquistas que continuamos a dar crédito a esta direção.