segunda-feira, maio 08, 2017

A meta do título está cada vez mais próxima

Com a vitória em Vila do Conde abriu-se para nós uma autoestrada rumo ao tão desejado tetra. Não significa isto que o título já nos está entregue. Nada disso. Faltam duas jornadas e precisamos de dois pontos. O que parece fácil às vezes torna-se difícil. Basta que não tenhamos a mesma atitude, a mesma vontade de vencer que demonstrámos ontem, embora esteja convencido que isso não vai acontecer. Diante da nação benfiquista que irá, mais uma vez, esgotar a lotação do nosso maravilhoso estádio, os nossos jogadores vão dar tudo o que têm e se assim for tudo se tornará mais fácil. Os adeptos estão sedentos de voltar ao Marquês para mais uma noite de festa rija. E os nossos rapazes também.

domingo, maio 07, 2017

Que os nossos jogadroes estejam à altura da responsabilidade do jogo

Após o empate do FC Porto ontem, estão reunidas todas as condições para que possamos ser felizes hoje em Vila do Conde. Saibam os nossos jogadores estar à altura da responsabilidade do jogo e tenham consciência do que ele implica para as nossas aspirações à conquista do tetra. Assim sendo, só lhes resta dar tudo em campo, dignificar a camisola que representam, e proporcionar uma grande alegria a todos os adeptos benfiquistas que bem o merecem pelo apoio que têm dado à equipa.

domingo, abril 30, 2017

Temos que jogar melhor

Mais uma final ganha mas continuamos a jogar pouco. Os nossos índices de rendimento têm de melhorar substancialmente, pois vamos ter 3 jogos de dificuldade máxima que nos vão obrigar a dar tudo o que temos e a termos uma qualidade de jogo superior à que temos apresentado. Só dessa forma poderemos ser campeões.

segunda-feira, abril 24, 2017

Mais perto do objetivo

Sinceramente não estava à espera que o FC Porto perdesse pontos na jornada deste fim de semana. Aliás, muita pouca gente esperaria tal desenlace mas o que é certo é que aconteceu. Tanto melhor pera nós que ficamos muito mais próximos do objetivo do tetra. Seja como for, nada de embandeirar em arco porque ainda faltam 4 jogos, todos eles de grau de dificuldade elevada, que nos obrigarão a estarmos ao nosso melhor nível se os quisermos vencer.

domingo, abril 23, 2017

Há ainda muito caminho para desbravar

Saímos de Alvalade na frente do campeonato que era aquilo que mais interessava. Foi um jogo cheio de peripécias que podiam ter-nos prejudicado fortemente: a asneira colossal de Ederson e os três penaltys por marcar que põem em causa a idoneidade do árbitro porque pelo menos dois deles são clamorosos e Soares Dias não pode alegar que não os viu pois estava muito bem colocado.
Agora há que encarar o que aí vem com muita determinação. Não se podem admitir tremideiras porque embora tenhamos jogos difíceis pela frente, somos superiores aos nossos adversários, e temos que mostrar isso em campo. Além do mais, está em jogo a possibilidade da conquista do tetra que de forma nenhuma podemos deixar escapar.

sexta-feira, abril 21, 2017

Parabéns miúdos

Pela 2ª vez estamos na final da Youth League o que constitui mais um marco importante na formação do Benfica. Frente a um adversário poderoso, os nossos miúdos não sendo brilhantes na qualidade do futebol praticado foram exímios na finalização. Agora há que dar tudo frente aos austríacos do Salzburgo porque é chegada a hora de também nós sermos campeões europeus.

segunda-feira, abril 17, 2017

A necessitar urgentemente de uma ida ao psiquiatra

Bruno de Carvalho, continua igual a si próprio: asqueroso até dizer chega. O homem não consegue calar o seu antibenfiquismo primário e recorre a tudo o que tem à mão, mentiras descaradas e ofensas caluniosas, para denegrir a imagem do Benfica e dos benfiquistas. Estamos em presença de um fala barato que faz da maledicência a sua forma de estar na vida. Por enquanto, tem os sportinguistas do seu lado quanto mais não seja por causa do ódio que verte pelo vermelho, mas a persistência nesta estratégia doentia pode-lhe trazer amargos de boca no futuro. Para que isso aconteça basta que o Sporting continue afastado dos títulos.  

domingo, abril 16, 2017

Uma derrota do FC Porto tinha facilitado a nossa vida

Foi pena o penalty de Pedro Santos não ter sido convertido pois a esta hora teríamos o FC Porto a 4 e não a 3 pontos de distância. Parece que não mas faz toda a diferença. Uma derrota em Alvalade coloca-nos com os mesmo pontos do FC Porto mas com um goal-average bastante desfavorável e praticamente irrecuperável até ao fim do campeonato. Desta forma, é fundamental não perder com o Sporting, mas não vai ser tarefa fácil atendendo a que os leões estão a atravessar o melhor período esta época, ao contrário de nós,  e, além disso, estão desejosos de impedir que conquistemos o tetra. Esperemos que a nossa equipa não entre cheia de medo e que estejam num dia sim.

terça-feira, abril 04, 2017

Temos que estar na final da Taça de Portugal

Depois do empate na Luz com o FC Porto que nos complica as contas do campeonato, ganhar a Taça de Portugal tornou-se imperioso. Não se admite outra possibilidade que não seja a de estarmos presentes na final do Jamor. A vitória no Estoril dá-nos margem de conforto para encararmos o jogo de amanhã com tranquilidade. Exige-se que os nossos jogadores tenham bem presente a importância da partida.

domingo, março 19, 2017

O pior ainda está para vir

E pronto, entregámos o campeonato ao F.C. Porto. LFV ao vender o nosso melhor jogador, Gonçalo Guedes, aquele que criava desequilíbrios no ataque, deitou tudo a perder. O Benfica é a única equipa de topo europeu que vende jogadores cruciais no mercado de janeiro. Nenhum presidente com dois dedos de testa faz uma asneira destas. Só alguém que está mais preocupado em fazer dinheiro do que em ganhar títulos. Logo num ano em que podíamos pela primeira vez sermos tetra campeões. Um desvario destes devia dar direito a demissão mas LFV está agarrado ao poder que nem uma lapa e pelas razões que toda a gente conhece.
Aliado à incompetência do presidente temos Rui Vitória que continua a apostar em jogadores apenas pelo estatuto granjeado em épocas anteriores. Sálvio é um exemplo paradigmático e Jonas outro que tal. Já para não falar em Zivkovic e Rafa que pouco vieram acrescentar ao plantel. Acresce ainda o problema das lesões que não deve ter paralelo por essa europa fora. Lesões atrás de lesões, recidivas constantes, enfim, uma coisa inacreditável e que tem sido muito mal explicada pelos responsáveis.
Até ao final do campeonato vai ser um Deus nos acuda, a começar já no jogo frente ao F.C. Porto. É derrota praticamente garantida face ao que temos vindo a jogar e principalmente contra equipas de maior nomeada, jogos em que nos atemorizamos e em que não conseguimos fazer 3 passes seguidos. Depois desse jogo ainda vamos ter que passar pela humilhação em Alvalade para gáudio de Bruno Carvalho e Jorge Jesus. Vai ser um final de época como não vimos há muito.