terça-feira, dezembro 06, 2016

Exige-se muito mais

Conseguimos o apuramento mas estamos a atravessar uma péssima fase em que os resultados são maus e as exibições piores. Contra o Sporting as coisas têm que melhorar significativamente, caso contrário arriscamo-nos a chegar ao fim dum jogo com mais uma derrota no bornal.

domingo, novembro 20, 2016

Imparáveis

Continuamos imparáveis e a jogar um futebol delicioso. Ficamos orgulhosos ao vermos a nossa equipa jogar. Esperemos que seja para continuar porque a mantermos este nível exibicional o campeonato será seguramente nosso. Só há uma coisa que me preocupa: as lesões constantes nos nossos jogadores e muitas delas de índole muscular o que é algo que não se percebe. Ou há falhas na preparação física e/ou no departamento médico ou então andamos com uma grande dose de azar. O problema é que na época passada vivemos uma situação similar o que deita por terra a última hipótese. 

sábado, outubro 29, 2016

Arrasadores

Habitualmente pessimista estou deliciado com este Benfica. A continuarmos a funcionar como uma verdadeira equipa e a praticarmos este futebol de eleição prevejo uma temporada cheia de sucessos a nível interno. E caso não sigamos em frente na Liga dos Campeões, a Liga Europa está ao nosso alcance. E ou muito me engano ou na próxima jornada vamos ganhar no Dragão (e tenho um feeling que amanhã o FC Porto vai perder em Setúbal). Amanhã e para a semana veremos se os meus palpites se confirmam.

segunda-feira, outubro 24, 2016

Perfeito

Aproveitámos da melhor forma a escorregadela do Sporting ganhando em Belém e cimentando a nossa condição de líder. Fomos superiores ao nosso adversário em todos os aspetos do jogo e só não conseguimos um score mais dilatado porque pecámos demasiado na finalização. Foi das melhores exibições que fizemos esta época (temos vindo a subir gradualmente de produção) e alguns jogadores encheram-me as medidas. Refiro-me concretamente a Grimaldo e Nelson Semedo que estão imparáveis a nível ofensivo e têm vindo a melhorar nos aspetos defensivos. Também Gonçalo Guedes me tem surpreendido positivamente, naquele seu estilo, às vezes, trapalhão, mas com uma atitude sempre abnegada e uma resistência física admirável; se conseguir definir melhores os lances estaremos em presença de um craque.

quarta-feira, outubro 19, 2016

Excelente vitória

Arrecadar 3 pontos em Kiev foi excelente, pena o Besiktas ter vencido em Nápoles. Nada está perdido, a qualificação ainda é possível, mas para que isso possa acontecer temos que forçosamente ganhar os 2 jogos em casa. Caso fiquemos pelo caminho há que garantir a presença na Liga Europa onde temos mais hipóteses de sucesso.

sexta-feira, outubro 14, 2016

A pior exibição da época

Excetuando o resultado, hoje tudo foi mau. Péssima exibição frente a um adversário do 3º escalão que ainda por cima jogava em casa alheia. Bem sei que nos faltaram muitos titulares mas isso não nos pode servir de desculpa porque os que jogaram têm valor suficiente para fazer bem melhor.
Celis, voltou a demonstrar que não tem valor para sequer estar no plantel encarnado quanto mais jogar os minutos que tem jogado. Tirou-nos 2 pontos contra o Besiktas e hoje voltou a cometer um erro capital que deu o empate ao nosso adversário. Este é dos tais jogadores que não se compreende a razão porque foi adquirido. Pelo talento não foi com certeza.

domingo, outubro 02, 2016

Missão cumprida

Foi uma exibição em crescendo que acabou em goleada. Exibição frouxa na 1ª parte, com muita posse de bola mas muito pouca inspiração na finalização. O 1º golo, de muita sorte, libertou a equipa e o 2º acabou com o Feirense. A partir daí pudemos ver jogadas de ataque de bom recorte que só não deram mais golos porque o guarda-redes adversário e alguma ineficácia na finalização não o permitiram.
Estamos no comando do campeonato com 3 pontos de avanço sobre os nossos principais rivais e vem aí um interregno de 3 semanas que vai permitir recuperar alguns jogadores nucleares. Não fora o deslize com o V.Setúbal e tínhamos motivo para estarmos bastante satisfeitos, não tanto pelas exibições mas pelos resultados alcançados (estão fora desta análise os jogos europeus).